Páginas

Um casal em Emergência! Fogo ou Gelo?

19 abril 2016
Todos perdemos tempo e vida enquanto deveríamos procurar fazer mais. O que não daríamos por apenas mais um dia quando o fim chega?
Hoje vim falar de um dorama que assisti ano passado, mas ainda não tinha tido real tempo para falar sobre ele. Sim, com doramas, eu costumo demorar, mesmo que eu tenha amado. Tenho mais de 20 para resenhar, e não vejo como... Mas vamos aos poucos...
O dorama de hoje é atípico por 2 motivos:
1) se passa, praticamente, o tempo inteiro em uma Emergência.
2) o tema principal é o divórcio, e isso não é muito abordado como tema dos doramas sul coreanos, pelo que posso perceber. E ainda dentro desse motivo, eu adoro esse tema, eu acho que é um tema muito fértil e há muitas coisas a se explorar sobre esse tipo de situação das relações humanas.

Emergency Couple conta a história dramática do casamento, divórcio e pós-divórcio de Song Ji Hyo (Oh Jin Hee) e Choi Jin Hyuk (Oh Chang Min). Eles se conhecem na faculdade, se apaixonam e largam tudo para se casar, sem o apoio da família. Aliás a família de Jin Hyuk é bem exigente para noras e é composta por médicos. O casamento é um caos, e o divórcio se torna um processo árduo e que deixa muitas cicatrizes, mas também muitos assuntos pendentes, que ficam sendo ignorados; até que a vida resolve brincar com eles e eles caem no mesmo grupo de residência na Emergência. 


Depois do divórcio eles nunca mais se falaram, e nem tinham como evitar o encontro cômico no primeiro dia na Emergência. Tudo só melhora com a equipe na qual eles tem que trabalhar juntos, sem que saibam que foram casados, ou que se conhecem; e o chefe deles, uma pessoa extremamente amável, aberta... Só que não!



Na Emergência não é só a vida dos pacientes que está em jogo, mas a carreira, os sonhos, as vidas dos residentes. Principalmente a de Ji Hyo, que após o divórcio encontra na Medicina uma chance de se encontrar, de viver. Ela tem motivos mais do que suficientes, e significativo para persistir nesse desafio. Mas não pensei que Jin Hyuk irá facilitar. Aliás, prepare-se para odiá-lo em certos momentos, e amá-lo em outros...


Sobre os personagens secundários e romances... Bom, a partir do 3º epsódio você começa a shippar geral da história haha É triângulo amoroso que surge, ai vira quarteto... Você não sabe se torce pelos iguais, ou pelo caos... E tem o casal mais fofo dos secundários, que é são os dois abaixo. Pena que eles não tiveram muito foco no drama, pois ele era muito fofo tentando se declarar para ela. 
 

Ele também teve sérios problemas quanto a continuar ou não na residência, passou por uma situação que colocou em cheque sua confiança e criou um conflito interno sobre se aquele seria mesmo o seu destino. É triste pensar que muita gente passa com isso, e em alguns casos, essa pessoa leva uma vida inteira para perceber que aquilo não é o que ela quer e nem ao que ela está apta.


O dorama traz também com muita força o tema família. Mostra algumas configurações de família, e os modos como cada uma se organiza, e quais seus princípios. Mas o que me fez babar e cair de amores foi o pequeno que caiu de paraquedas com o pai (que por acaso, é uma graça também. É muito carinhoso e preocupado com a mulher, além de ser gentil e amigo) na família da Ji Hyo. Aquela mesma mulher que imaginava filhos, era divorciada, agora se via com um sobrinho. Para você ter ideia da fofura desse gurizinho, ele ganha até um dia do Jin Hyuk. Conseguem imaginar o Jin Hyuk cuidando dessa gracinha? Eu morri de amores... 
Romance é o que não falta nesse dorama... É amor antigo, paixão nova! Imagina lidar com todos esses sentimentos e relações, enquanto se está em residência na Emergência? Tudo isso gera mil conflitos e muitas cenas cômicas e de ciúmes. Os personagens vão se descobrindo e reinventando a cada episódio e dificuldade passada. É notável o crescimento dos personagens.
 

 

Ah e não se preocupe quanto a shippar errado. Nesse dorama não existe isso! Pois os personagens tentam se relacionar entre si, das mais diversas formas. Eles tentam contato com quase todos. Claro que tem os 3 casais que mais chamam a atenção e que tem mais cenas os envolvendo, mas deu pra agradar a todos os públicos quanto a isso, creio eu.
 
 
 

Agora sobre a OST, o que tenho a declarar é que são músicas encantadoras e suaves; para combinar bem com o clima de caos que é o dorama! Não tem uma música que eu não tenha gostado, inclusive das instrumentais. Todas as músicas usadas casaram bem com os personagens e cenas; e ainda se combinaram entre si.
Essa foi a resenha de hoje. Gostaram? Já assistiram esse dorama? Conte-me o que achou dele, vou adorar saber sua opinião! E se tiver alguma dica de dorama para me indicar, não se acanhe... Você e suas dicas são muito bem vindos (as)!

Título: Emergency Couple
Gênero: Comédia, Romance
Episódios: 21
Emissora: tvN
Exibição: 24 de Janeiro de 2015 - 5 de Abril de 2015
Classificação:



1 Comentário

  1. Adorei o roteiro da série. É bem original. Ainda não vi nenhum dorama. Tenho vontade de assistir.
    Bom restante de semana.

    http://jj-jovemjornalista.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

 
Desenvolvido por Michelly Melo.