Páginas

Tentar algo novo

11 fevereiro 2014
Música do dia: Paciência - Lenine
Hoje é o tipo de dia que contagia. Sim, aquele dia que mesmo que você acorde morrendo de sono porque dormiu pouco (ou porque o calor não te deixou em paz), estressada porque alguém já começa te irritando, você tem compromisso logo cedo, pega ônibus lotado e fica em pé...  E mesmo assim, o dia lhe sorri tão docemente, que se sentir bem é inevitável. Você entra no embalo da leveza, a cada minuto que a realidade te permite de certa forma.
Sente-se inspirada a tentar coisas novas e renovadoras. E porquê não fazer? O que nos impede? É maravilhoso sair da rotina, quebrar alguns de nossos padrões, melhorá-los, tentar algo novo mesmo que com um pouquinho de medo... Se arriscar um pouquinho só, não vai nos matar (bom, depende do risco, claro, mas aqui eu me refiro a coisas bobas e simples, sem consequências negativas).
Acabei de ler algo que realmente me deixa bobinha, maravilhada, porque contém uma verdade não duvidável : “A vida começa todos os dias.” Érico Veríssimo.
Eu vejo essa frase como a certeza de que todo dia é algo novo, então porque fazer tudo exatamente igual? Não vale a pena, viver de um jeito diferente, mesmo que seja por 1 ou 2 minutinhos? Talvez o que falte para muita gente ser um pouquinho mais feliz, ou mais em paz consigo mesmo, é essa falta de equilíbrio da relação entre o tempo cronológico, o nosso tempo interno (nosso ritmo) e o tempo que gostaríamos de ter... Nunca vamos achar ter tempo o suficiente para os nossos sonhos, mas a verdade é que se nunca começarmos a pratica-los também... Eles quase nunca vão se realizar.
Tentar algo novo todo dia, pode ser algo surpreendente, e não só para quem tenta.

Nenhum comentário

Postar um comentário

 
Desenvolvido por Michelly Melo.