Páginas

Vida, vida, vida ♪

18 fevereiro 2014

Música do dia:  Titãs - É Preciso Saber Viver 

“Acreditava que a maioria das pessoas, quando lhe era dada a chance, fazia o certo, mesmo que isso fosse difícil, e acreditava que o bem sempre vencia o mal. Mas não, ele era ingênuo.” — Nicholas Sparks.

Tem certas horas no dia que a gente para para pensar que droga a gente ta fazendo da nossa vida. Algumas pessoas não pensam nisso constantemente, pensam uma vez ou outra, em crises, em momentos impactantes... Não sei, cada um tem seu jeito de lidar com a incógnita que é a vida e com os pesares do que fazemos dela, muitas vezes sem nem perceber.
Quanto mais novo se é, mas se deveria parar para se perguntar: O que eu estou fazendo da minha vida? O que foi que não fiz, e por quê? Isso evitaria tanto arrependimento, tanta vida mal vivida e mal amada...
Seríamos mais felizes se simplesmente passassemos a pensar mais sobre nós mesmos e o que fazemos a cada instante? Não só pensar em fazer ou não, mas também o quanto significa aquilo, para o que aquilo pode me empurrar... 
Ainda não sei se isso é de todo errado, mas ao mesmo tempo paro para pensar e descobri que, se a gente para para pensar a cada passo que vai dar, a gente simplesmente não dá o passo. Não faz. Não vive. Não sente. Passa a vida toda tentando entender como viver e não vive. 
Na verdade é que é difícil mesmo buscar o equilíbrio entre esses dois polos... Viver é inventar e reinventar, fazer isso na dinamicidade do tempo. É ver no horizonte o risco quase transparente da mudança cruzando com as nossas três etapas de vida (Passado, Presente e Futuro) e desenhando uma vida cheia de entrelinhas e riscos nos quais a gente pode sim se embananar, mas que também faz tudo isso valer muito mais a pena. É preciso pensar sobre a vida. Mas sobre tudo, é preciso saber viver.

Nenhum comentário

Postar um comentário

 
Desenvolvido por Michelly Melo.