Páginas

I Miss You (2012). Até onde você iria pelo Amor?

23 dezembro 2015

Até esquecer devia ser mais fácil com a prática, não? - I Miss you
É eu não esqueci não. Sei que já fazem alguns meses que eu terminei de ver esse dorama no Dramafever, e eu estava ainda digerindo tudo o que assisti, e como eu contaria tudo da forma mais resumida possível, mas que ficasse digna desse dorama.

Não é novidade que eu assisto doramas a anos, e essa será a minha primeira resenha sobre um deles, aliás sobre qualquer coisa... Eu o assisti entre o mês de Setembro e Outubro basicamente e ão estou até hoje recuperada psicologicamente, sério. É um drama bem intenso, do começo ao fim. Você se apega aos personagens, sofre com eles; até o anti-herói fica interessante, de tão bem elaborada que foi a história.

Um dorama que traz questões muito fortes, e combinadas, como a questão familiar, o bullying, ciclo da vida, criminosos, o que não se faz por dinheiro, traumas, dores incuráveis da infância, reencontros, sonhos, o primeiro amor, o primeiro beijo... É uma mistura bombástica, só para quem aguenta sobrecarga psíquica mesmo. Cheio de reviravoltas e mistérios.

Antes de assistir eu achei que ia ser bem sem graça, e só me motivei pelos atores que eu tanto gostava, no caso a Yoon Eun Hye (31) - que fez Goong também, e uma série de doramas que sempre me fascinaram- e o Park Yoochun (29) - que era membro da TVXQ, que se dissolveu, e agora é membro da JYJ-  que eu nunca tinha visto em cena, e me surpreendeu, eu o adorei de primeira, é muito talentoso, e traz um ar mais calmo ao clima tenso da drama. Eles são atores dos protagonistas da fase adulta do dorama; assim como o Yoo Seung Ho (22). O dorama no início conta a história da infância dos 3 personagens principais.
Ah, e já que mencionei as idades dos atores, com as gravações, Eun Hye sempre deixou claro o quanto Seung Ho era talentoso, porém que a diferença de idade entre eles não a deixava completamente confortável; mas ao meu ver eles se entrosaram super bem no dorama e o resultado foi muito satisfatório.

Bom, vamos aos personagens: Eun Hye interpreta Lee Soo Yeon, a filha do "assassino", que não tinha amigos, nem quem a defendesse, que sofria bullying por ser filha de quem era, que mudava de escola o tempo todo, que tinha sonhos... Ela sofre do início ao fim. No começo por sofrer bullying, e levar constantes surras do pai, contando ainda com uma mãe completamente omissa no começo da trama.
Yoochun dá vida ao Han Jung Woo, que os 15 anos volta ao seu país, sendo onovo garoto popular, rico e solitário. Que se interessa por Lee Soo Yeon desde a primeira vez que a vê parada cabisbaixa, sem saber quem é, ou qual sua história e fama.
Seung Ho interpreta o mais novo, Kang Hyung Joon; tio de Han Jung Woo. Parentesco esse que é desconhecido por ambos. Já que a família tem uma séria briga pelo pai de Han Jung Woo querer seu dinheiro, e ver em Kang Hyung Joon uma ameaça e obstáculo. O pequeno conta com a sorte e a precária proteção da mãe para escapar do meio-irmão frio e calculista.


Agora sim vamos a história de fato... Han Jung Woo encontra Lee Soo Yeon e insiste em ser amigo dela, depois de passado o susto da descoberta da fama dela na região; eles se tornam inseparáveis. Enquanto que Kang Hyung Joon luta por sua sobrevivência, com a "ajuda" de uma enfermeira conhecida de seus pais. Sua sobrevivência envolvia uma vingança de sua mãe para cima de Han Jung Woo.
Porém como ele e Lee Soo Yeon nunca se separam, a menina acaba por se colocar em perigo tentando salvá-lo; uma verdadeira guerreira e leal; já não posso dizer o mesmo de Han Jung Woo, que por ser novo, era imaturo e muito assustado com tudo o que ocorre. Também o trauma deixado na vida deles 2 foi muito forte, principalmente na de Lee Soo Yeon, que quase morreu nas mãos dos sequestradores (tentarei não dar spoilers...). E resumindo drasticamente, Kang Hyung Joon é quem salva a menina, sendo que em cenas anteriores ela tinha tetado socializar com o pobre menino ferido e trancado.
Os dois sobreviventes de tamanhas atrocidades fogem, deixando no rastro uma morte, e o pai de Han Jung Woo furioso, e o menino devastado, sentindo-se totalmente culpado por toda dor que a menina sofrerá. Chegou a cogitar que ela tinha morrido, a princípio; mas a mesma fraquejou e ligou á ele chorando. Foi a última vez que ele teve notícias dela, e foi o que o motivou a virar policial, romper com sua família -se mudando para casa da família de Lee Soo Yeon- e o que fez persistir na ideia de sua sobrevivência pós-episódio.
O retorno para a Coréia depois de tantos anos, enrolou todos os personagens na tentativa de encontrar Lee Soo Yeon e desvendar os crimes que aconteceram 14 anos atrás. Os personagens carregavam traumas e personalidades distintas. o próprio Kang Hyung Joon (26) parecia ter 2 personalidades, uma que só Lee Soo Yeon (29) - agora Zoe- conhecia, e a outra atormentada pela infância, que queria vingança e proteger a menina que salvou, e que tinha se tornado sua amada. Amor esse que o motivou, mesmo manco, a cometer uma série e crimes e violações. O personagem oscila entre vítima e inimigo, malvado, o tempo todo. É um sofrimento latente, que não encontra escoamento ou perdão, como no caso de Lee Soo Yeon.
Han Jung Woo (29) procurou por Lee Soo Yeon obcecadamente, e quando encontrou-a não recuou, aceitando toda a raiva que ela pudera ter, tentando se desculpar de todas as formas... Com o decorrer das cenas é possível ver que ela gradativamente vai cedendo a posição de Zoe, que esqueceu tudo, para ocupar de novo seu lugar de Lee Soo Yeon.

Procurei por um trailer que tivesse cada fase do dorama, mas não encontrei um melhor do que esse; e por ele é possível sentir que o drama é bem elaborado e tem sempre um ar de mistério e suspense.


A trama é muito longa e intensa, mas resumidamente é isso. Agora falarei um pouco do final, sem ser muito detalhista. Final esse que me comoveu, pois eu me apeguei muito ao personagem do Seung Ho, pois apesar de tudo ele foi tão vítima quanto os outros. Aliás acho que só houve uma vítima maior do que ele, e foi a Lee Soo Yeon, porque a bichinha realmente sofre...
Teve de tudo: o primeiro amor, crimes, traumas, abusos, investigação, família, perdão, infância, final alternativo (que eu amei, e me fez chorar, confesso)...



 





Não posso esquecer de mencionar o "truque" incrível que Han Jung Woo inventou para afastar as tristezas de Lee Soo Yeon, o trque que fazia tudo desaparecer. Ela pega o truque emprestado e tenta amenizar o sofrimento de Kang Hyung Joon, e o próprio sofrimento, já que como Zoe ela tenta esquecer tudo o que aconteceu, de onde veio, tudo... O truque está nesses gifs:

 

Como não se emocionar? Até a trilha sonora é emocionante, conta com músicas instrumentais que tocam a alma, e eu até hoje as ouço diariamente, nem que seja só no comecinho da manhã, pois são muito lindas. Abaixo vou deixar 2 frases marcantes da novela, dentre tantas, e o vídeo que contem toda a OST de I Miss You...




E agora um gif sobre um final alternativo que me emocionou, pois a novela é tão dura, e mesmo no final ela nos alivia de certa forma, e enterra nossas expectativas decretando o final de fato, pois a partir daquele final alternativo se sabe que nada foi diferente, que aquilo aconteceu assim por fatalidade, e os personagens estariam fadados a lidar com isso da melhor maneira que poderiam, e o fizeram, cada qual com seus limites, dores e personalidade. Mas ainda assim o alívio vem, porque o final alternativo deixa no ar, e nos sentimentos de cada espectador um: E se tivesse sido diferente??


Bom, essa foi minha primeira resenha, sei que foi fraca perto do espetáculo que é esse dorama, mas valeu a tentativa, e espero ter motivado alguém a dar uma chance aos doramas coreanos, e àqueles que nem sempre nos são atrativos de primeira. Se você já viu I Miss You, deixe seu comentário sobre o que achou, qual foi sua experiência com o drama... Vou adorar saber.
E quem puder, realmente assista, vale muito a pena esse dorama.
Ah, e caso queiram outra resenha, eu li algumas antes de ousar escrever sobre, e achei essa bem completa e muito divertida, que tem muitos mais gifs ilustrando, é do blog Divaneandoo; aliás, amei esse blog.
Vou deixar os dados sobre ele abaixo, e o link de onde eu vi está no comecinho desse post. Bom entretenimento, e até a próxima!

Título: I Miss You / Missing You / 보고싶다 
Gênero: Drama, Romance
Episódios: 21
Emissora: MBC
Exibição: 07 de Novembro de 2012 / 17 de Janeiro de 2013
Dias de exibição: Quarta-feira e Quinta-feira às 21:55
Classificação: 


Nenhum comentário

Postar um comentário

 
Desenvolvido por Michelly Melo.